quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Saudade de te ver aqui


Praia minha do sol e do vento
Da areia onde ela é uma flor
Dos meus sonhos por este momento
De te abraçar com o meu amor.

Praia do muro de pedra fria
Onde ela sentada eu a olhasse
Fiel a um beijo que não queria
No desejo que eu a amasse.

Cumpriste praia minha o meu desejo
Deste-me uma maresia de felicidade
Carregada de sal no seu beijo
Para salgar tanta saudade.

6 comentários:

flor de jasmim disse...

Mais um poema que me fez ficar com um nó na garganta. Lindos todos os que aqui tenho lido mas sinto-os muito tristes. Esta imagem do meu, ou nosso S. Pedro de Moel está linda. Obrigado pela partilha.
Abraço
Adélia

mfc disse...

Um poema lindo, sentido e triste como o é a vida por vezes.

oteudoceolhar disse...

Ainda n passaram as saudades?
A primavera quer aproximar-se, espero que com ela as tuas palavras voltem tb *

Anônimo disse...

Por onde é que tu andas?Não escreves.Tenho saudades.

Um abraço.

A. Jorge disse...

Olá!
Espero que ainda te lembres de mim. Interrompi a minha ausência de dois anos e cá estou eu de novo. Convido-te a visitares o meu novo espaço - http://escarniosmaldizeres.blogspot.com/ . É muito diferente do "Vagabundices" - http://vaggabundices.blogspot.com/ . Espero que gostes.

Um abraço

Jorge

claudiaymarques disse...

Que lindo esse blog....me encanta..ouvindo essa musica maravilhosa...me sinto bem aqui nesta tarde de sabado de outono..
beijos
titi