terça-feira, 26 de maio de 2009

O teu sonho

Sou o teu sonho ao luar
És poesia que me sai da mão
Quando escrevo na beira do mar
Que tu és uma ilusão.

Sai nos meus olhos o verde no teu corpo
O meigo sorriso que o sol dá cor
Estaria na vida sozinho e morto
Se não fosses o meu amor.

Deixa que te olhe livremente
A tua beleza contraria a minha nostalgia
O teu olhar o meu consente
E enche o meu coração de alegria.

2 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A glória da amizade não é a mão estendida,
nem o sorriso carinhoso,
nem mesmo a delícia da companhia.
É a inspiração espiritual que vem quando você
descobre que alguém acredita e confia em você.

(Ralph Waldo Emerson)

Visite meu novo blogger
UMA ILHA PARA AMAR
http://eduardopoisl.blogspot.com/

Um grante abraço do amigo Eduardo Poisl

oteudoceolhar disse...

Tenho tantas mas tantas saudades, de aqui vir. Tenho tantas saudades das palavras, da ilusão que me causavam, da emoção da transparência dos momentos, dos arrepios, do simples facto de aqui estar, da música, do acreditar que é possivel a existência do amor como aquele que é tão teu...sendo ele possivel ou não. Tenho saudades de me perder por aqui, de "adormecer", aqui, do sonhar do imaginar...Tenho saudades. Um beijo Juda n´oteudoceolhar ***