terça-feira, 19 de maio de 2009

O vento no teu cabelo

Lembra os teus passeios pelo passadiço
De braço dado com o azul do mar
As mãos entrelaçadas num sorriso
E o vento que fazia o teu cabelo abanar.

A maresia molhava os teus lábios de desejo
Mais os mimos que enchia o teu coração
Eram as ondas o abraço de um beijo
As tábuas que pisavas unidas de paixão.

És o sonho e quem me procura
As minhas juras de amor continuado
Os momentos da tua ternura
Fazem de mim o homem mais amado.

“Ama-me só agora ou para o resto da vida”

2 comentários:

Sereia Azul* disse...

LINDO!!!! LINDO!!!!!

"De braço dado com o azul do mar
As mãos entrelaçadas num sorriso"

Adoro a forma como entrelaças o teu pensamento às emoçôes que te sussurram no coração!

Um abraço de brisa marinha*

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A Amizade é...
O mais nobre dos sentimentos,
Cresce à sombra do desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a compreensão.

Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.

Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidade nem renúncias.

Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.

Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre seja assim.
(Desconhecido)

Te desejo um final de semana com muitos amigos,amor e paz
Abraços do amigo Eduardo Poisl