sábado, 15 de novembro de 2008

Minha mãe vou cantar-te um fado

Minha mãe vou cantar-te um fado
Com letra de uma história que se ouve na rua
Fala do que foi para uns tudo acabado
Enquanto outros sonhavam com a lua.

É um fado igual a tantos outros que canto agora
Fala de um dia como outro qualquer, marcante
De uma mulher que encontrou o sol e foi embora
Por uma noite diferente de ternura esfusiante.

Quero cantar-te um fado minha mãe
Que fale de quem viveu tanta felicidade
Um momento na vida como mais ninguém
Que começou e partiu sem deixar saudade.

Toquem as guitarras gemidos de tristeza
É assim a letra de quem foi feliz que vou cantar
Mostrava a lua á noite uma certeza
Que a vida a estava a enganar.

3 comentários:

Nelson disse...

ola chor arbitro...um grande abraço

mfc disse...

E a tua mãe ouviu-te deliciada.

Gui disse...

Foi decerto o fado mais belo que a tua mãe algum dia ouviu.