quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Neste lado do molhe da Leirosa


Este lado do molhe da Leirosa
É quem me fala de ti
Diz que a areia te olha gostosa
Sempre que caminhas por aqui.

O mar na sua brisa murmurante
Com o molhe de gemidos sábios
Falam que somos felizes amantes
Quando encostamos os nossos lábios.

Olha como estes dois me arrancam da solidão
O molhe e o mar numa dança de sentido trágico
Parecemos nós no melhor da nossa sedução
No abraço simples num êxtase mágico.

A Leirosa tem a magia do mais belo quadro
Amar nesta praia é andar com a saudade pela mão
Quero escrever o muito que te tenho amado
Falar da ternura e do doce que é o teu coração.

*Foto gentilmente cedida pela minha filha.

7 comentários:

Anônimo disse...

linda a musica.
un grande abraço

mfc disse...

Qualquer sítio é bom para passear de mão dada, mas esta praia fotografada pela tua filha... é lindíssima e apetece mesmo lá ir.

Xana disse...

A beleza do mar é uma benção para mim, obrigado por esta foto e poema.

agora ....

Tenho um desafio para si, o meu último post( dia 23) explica tudo.
Participe, espero que esta ideia, seja um prazer para a escrita!
Bom fim-de-semana :)

Anônimo disse...

Tenho belas recordações do lado de lá do molhe.
Os passeios nas dunas são um sonho.

Um abraço d´el@

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Existe um lugar onde
todos os sonhos se realizam
a Felicidade é constante
e o sentimento maior é o Amor
este lugar é o seu Coração...
Procure nele e você
encontrará as respostas pra tudo.
Bom final de semana

Sereia Azul* disse...

Querido amigo, Poeta!

Hoje surpreenderam-me com um Prémio muito romântico! Pensei em ti... Vai ao meu blogue buscá-lo. Nele está impresso o meu amor e a minha admiração pela tua escrita, pela tua alma profundamente romântica!

Um abraço de brisa marinha

Sereia Azul*

Sonia Schmorantz disse...

Para refletir:
Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...
Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo
de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
(William Shakespeare)

Faça dessa nova semana um novo início rumo à
felicidade.
abraços