segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O Sol


O meu vazio é a falta de perspectiva
Não é que te esqueças de mim
Sobram sempre os dias da minha vida
Para lembrar o muito que te quis.

Posso ser o teu pensamento
Fazer parte dos teus sentidos
Ser de ti a cada momento
Para beijos doces repartidos.

Estou a escrever como um homem apaixonado
Que te deseja para te amar em felicidade
Somos uma história com passado
Que me brota lágrimas de saudade.

3 comentários:

Anônimo disse...

Muito lindo.

Maya.

oteudoceolhar disse...

Estava a ouvir a música e de repente...azul. Azul sob o quente do por do sol, azul da cor do mar. Ficou muito bem *

Xana disse...

A falta de prespectiva é um vazio tremendo, não se pode viver só de recordações!


beijo meu e Boas Festas