quarta-feira, 4 de março de 2009

São Pedro de Moel ou um dia de chuva


Quando eu venho aqui
A este lugar de emoção
Recordo o que já vivi
O que fiz com o coração.

Foram tantas as emoções
No olhar que vou sentindo
Passam outros corações
Sinto o teu o mais lindo.

Este dia é como eu sonhei
Frio do calor que vai partindo
Lembro o casaco que não dei
E dos teus lábios sorrindo.

Volto sempre para te amar
A este lugar onde sofri
Lava as minhas lágrimas o mar
Do que não lembro, esqueci.

São detalhes vividos com paixão
Que nesta praia são ambulantes
Aqui de amor te falei ao coração
Partimos para a vida amantes.

8 comentários:

Anônimo disse...

Na próxima oportunidade vais-me falar destes poemas cheios de emoção.Deixam algumas perguntas no ar.....

Lindas palavras de uma linda praia.
Adoro ler o que escreves,fico contente com o teu dom.

Um abraço da Nataleca

Anônimo disse...

Como sempre e para variar...tens o condão do encanto, tens a magia das palavras...a saudade estampada no olhar, no sentir. No interior no bate, bate de um coração compassado que no vive no descompasso da lembrança. ** A foto é quente como quente é a saudade que me invade... que saudades do verão * Achei q seria do agrado * Deixo um beijo n´oteudoceolhar ***

Nilson Barcelli disse...

Uma recordação bem explicitada num belo poema de amor.
Gostei imenso caro amigo.
Da foto também.
Abraço.

poeta_silente disse...

Belas poesias, caro poeta.
As vezes as lembrança fazem bem.
Abraços
Miriam

Xana disse...

Lembranças tão intensas e de tão grande amor ... bonito demais esse amor :)

Anônimo disse...

Tudo o que acontece na nossa vida, tem um significado, nem que seja para nos tornarmos pessoas mais humanas, mais fortes, mais compreensivas.
Quando perdemos um amigo, a culpa não é apenas de uma das partes, é das duas, porque quando se gosta realmente de alguém, aceita-se essa pessoa como ela é, luta-se pelos laços que criámos com ela, não se desiste, não permitimos que o tempo apague as recordações do que passámos juntos, naquele aquecer do coração tão saudoso.
As pessoas certas estão ao teu lado, e tu também amas muito, isso é maravilhoso.
Desfruta desse entusiasmo correspondido, e vai dando sempre um pouco do teu mundo aos outros, porque eles merecem a tua poesia.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Na margem do mundo
além dos meus olhos,
Belo,
Sei que o exílio será sempre
verdejante de esperança,
O rio,
Que não podemos atravessar
corre eternamente.
(Samuel Menashe)

Tenha um lindo final de semana cheio de amor e paz no coração
Abraços: Eduardo Poisl

mfc disse...

É sempre linda a forma como cantas o que demais importante há na vida... o Amor!